Carne-bovina-ganha-competitividade-em-relação-a-carne-de-frango-em-maio

Carne bovina atiça protecionismo europeu

Por Assis Moreira | De Genebra Juncker, presidente da Comissão Europeia: em busca de entendimento Setores protecionistas da Europa estão alarmados diante de indicações de que a União Europeia pretende […]

alphaville-1

GRUPO FLEURY VOLTA A FAZER AQUISIÇÕES

Por Beth Koike | De São Paulo Carlos Marinelli, do Fleury: “Nossa última aquisição foi em 2011 com o Lab’s” Após seis anos sem fechar aquisições, o Fleury volta às […]

negociação-distributiva

CORTE DE TAXA DE ADMINISTRAÇÃO OPÕE CSHG A EX-EXECUTIVO

Por Adriana Cotias | De São Paulo Freitas, da Hedge: convocação de AGE para eleger comitê é medida “protelatória” Uma discussão sobre a redução da taxa de administração do fundo […]

Leonidas_Herndl-Ibovesp0001-Marcus_Herndl_Filho

IBOVESPA RESISTE À REALIZAÇÃO DE LUCROS E SOBE PARA 74.788 PONTOS

Por Chrystiane Silva e Juliana Machado | De São Paulo As perspectivas positivas com a retomada do crescimento econômico e a queda dos juros faz com que a bolsa de […]

size_960_16_9_gpa2

ABILIO DINIZ INICIA PROCESSO CONTRA GPA POR ALUGUÉIS

Por Paula Selmi | São Paulo O empresário Abilio Diniz decidiu levar à câmara de arbitragem a discussão com seu ex-sócio Casino, controlador do Grupo Pão de Açúcar (GPA), a […]

SerEducacional2014-03-09 às 11.38.42

GRUPO SER NEGOCIA AQUISIÇÃO E FARÁ AUMENTO DE CAPITAL

Por Beth Koike | De São Paulo A Ser Educacional informou ontem que está negociando a aquisição do controle de uma instituição de ensino, cujo nome não foi revelado. A […]

jbs

JBS VENDE IRLANDESA MOY PARK E ALONGA DÍVIDA

Por Vanessa Adachi, Fernando Lopes, Fernanda Pressinott, Camila Souza Ramos e Rodrigo Rocha | De São Paulo Lovette, CEO da Pilgrim’s: aquisição posicionará a companhia “como player global” Não é […]

Grãos

SISTEMA AJUDARÁ A NORTEAR COMPRA DE GRÃOS

Por Bettina Barros | De São Paulo Indústria e organizações ambientais apresentarão hoje, em São Paulo, a “Agroideal”, uma nova plataforma para a cadeia da soja. Mas, diferentemente de outras […]

café-1

MERCADO VOLTA AS ATENÇÕES PARA A PRÓXIMA FLORADA DO CAFÉ

Por Alda do Amaral Rocha | De São Paulo Após uma florada antecipada da safra 2018/19 em regiões de café do Sudeste brasileiro, induzida por chuvas em agosto, produtores e […]

3-31.08

Tributação 300% maior faz empreendedor individual resistir a virar microempresa

Por Thais Carrança | De São Paulo Por R$ 182, o administrador de empresas Bruno Di Carlo Capanelli se viu diante de um dilema. Microempreendedor individual (MEI) desde 2015, o […]

11/08/2017

Hortifrútis devem seguir sob pressão

6f100a3ad701b18a4841f6a1841a4280-e1371665525249

Por Cleyton Vilarino | De São Paulo

As condições climáticas mais próximas do padrão e um consumo menos intenso devido à perda de poder de compra dos brasileiros devem colaborar para manter os preços das hortaliças em patamares abaixo do registrado no ano passado. “A tendência, até dezembro, é de boa qualidade e preço bom ao consumidor”, afirma Flavio Godas, economista da Ceagesp.

Entre os produtos de maior destaque no cálculo do índice de inflação oficial, o IPCA, o preço médio no último semestre caiu quase 60% no caso da batata e da cebola quando em comparação a igual período do ano passado.

Nos dois casos, houve aumento na área plantada este ano após os preços elevados de 2016, o que ampliou a oferta nacional. João Paulo, pesquisador do Cepea, diz que a batata vinha há dois anos com “preços muito bons”, e o clima ajudou muito a produção no último verão. Segundo ele, o clima continua favorecendo a cultura, e a demanda este ano está um pouco mais retraída, o que pressiona ainda mais os preços.

Com isso, para os próximos meses, o economista da Ceagesp estima que as cotações das hortaliças em geral devem ter queda média de 14%, com maior pressão sobre as cotações dos legumes. “Como no ano passado esse setor teve alta expressiva, a tendência é de que mais produtores migrem para essas culturas, elevando a oferta”, diz.

Os preços da cebola também despencaram no semestre passado, e a maior competitividade da safra nacional reduziu as importações do produto. Segundo a Secretaria de Comércio Exterior, foram importadas 51,9 mil toneladas de cebola no primeiro semestre, queda de 69,7% ante igual período do ano passado.

“Havia um excesso de oferta no Sul do Brasil, que vinha de um aumento de área de safras passadas associado às boas condições climáticas”, diz Marina Marangoni, pesquisadora do Cepea. Ela afirma que os preços mais baixos do início deste ano já levaram à redução de área na safra 2017/18, o que pode elevar as cotações nos próximos meses.

A oferta nacional no segundo semestre se concentra nos Estados de São Paulo, Minas Gerais e Goiás e no Vale do São Francisco. Em junho, os Estados do Sul registraram uma oferta de apenas 4,9 mil toneladas, contra 35 mil toneladas no início do ano.

O preço da cebola nos próximos meses vai depender também das importações. “Quando o mercado interno começa a ficar mais caro, há importador que compra da Europa a preços mais baixos”, afirma Marangoni, lembrando que, no ano passado, os europeus colheram uma supersafra.

As cotações da cenoura também tiveram forte queda no primeiro semestre em decorrência do forte aumento da área plantada “Contudo, um cenário de preços melhor ou pior no segundo semestre vai depender muito do clima”, diz João Paulo, do Cepea.

No caso do tomate, o pesquisador destaca que houve queda na área plantada para da safra de verão 2017/18 devido à descapitalização do setor causada pela recente queda dos preços entre novembro do ano passado e abril último. “Os preços já subiram no início do segundo semestre e devem se manter no patamar atual ou até registrar uma alta maior”, estima.

O clima deve continuar favorável à produção dessas culturas. Alexandre Nascimento, da Climatempo, diz que os próximos meses devem ser favoráveis à produção de hortaliças no Brasil, com chuvas chegando na hora certa e sem previsão de longos períodos secos.

Via: Folha de São Paulo — Clipping de notícias de Marcus Herndl Filho, com informações do país e do mundo, além de finanças, economia e demais temas pertinentes.
< Voltar ao início

contato@marcusherndl.com.br

© 2014 - Todos os direitos reservados - Marcus Herndl

Goodae