Consumo de café deve crescer 3,5% este ano, estima Abic

Por Alda do Amaral Rocha | De São Paulo Herszkowicz: colheita em 2018/19 não deve ser tão grande quanto se esperava O consumo de café no Brasil pode crescer 3% […]

Blairo já vê fim de embargo dos EUA à carne in natura

Por Kauanna Navarro | De São Paulo O embargo à carne bovina in natura brasileira pelos Estados Unidos chegará ao fim em outubro, informou ontem Blairo Maggi, ministro da Agricultura. […]

CRESCE CAPTAÇÃO DE FUNDOS DE AÇÕES DO BRASIL, APONTA EPFR

Por Eduardo Campos | De Brasília Os fundos de ações e dívida com foco nos mercados emergentes completaram a quinta semana consecutiva de captação de recursos no período encerrado dia […]

INABILITAÇÃO DE EXECUTIVO DO CRUZEIRO DO SUL É MANTIDA

Por Vinícius Pinheiro | De São Paulo O Conselho de Recursos do Sistema Financeiro Nacional, o Conselhinho, manteve a pena de inabilitação de Luis Felippe Índio da Costa e Luis […]

PESSOAS FÍSICAS COMEÇAM A PUXAR VOLTA GRADUAL DOS EMPRÉSTIMOS

Por Sérgio Tauhata | De São Paulo Marcelo Kopel, do Itaú Unibanco: começamos a ver uma melhora na demanda A retomada do crédito já começou. E, embora tenha engatado apenas […]

NOVAS EMPRESAS QUEREM MUDAR COBRANÇA DE DÍVIDA

Por Vinícius Pinheiro | De São Paulo “Não falamos em cobrança nem em negativação, queremos resolver o problema sem conflito”, diz Lahoud, da QueroQuitar! Uma pequena sala com dez funcionários […]

ÍNDICES FINANCEIROS POSITIVOS ANTECIPAM REAÇÃO ECONÔMICA

Por Arícia Martins | De São Paulo Uma espécie de círculo virtuoso começa a se desenhar no mercado financeiro, apesar da crise política que ganhou novos contornos a partir da […]

BIS FAZ ALERTA PARA “DÍVIDA GLOBAL OCULTA” DE ATÉ US$ 14 TRILHÕES

Por Assis Moreira | De Genebra Claudio Borio, chefe do Departamento Monetário e Econômico do BIS: ausência de inflação intriga e eleva tomada de risco O Banco de Compensações Internacionais […]

Carne bovina atiça protecionismo europeu

Por Assis Moreira | De Genebra Juncker, presidente da Comissão Europeia: em busca de entendimento Setores protecionistas da Europa estão alarmados diante de indicações de que a União Europeia pretende […]

GRUPO FLEURY VOLTA A FAZER AQUISIÇÕES

Por Beth Koike | De São Paulo Carlos Marinelli, do Fleury: “Nossa última aquisição foi em 2011 com o Lab’s” Após seis anos sem fechar aquisições, o Fleury volta às […]

17/03/2017

Grupo ABB enxerga oportunidades de negócios no Brasil

Por Camila Maia | De Houston (EUA)

Greg Scheu, presidente para Américas: “Estamos esperançosos. Felizmente, vemos bons sinais vindos de lá [do Brasil]”

O grupo industrial suíço-sueco ABB continua focado nas oportunidades de crescimento no Brasil, diante das muitas oportunidades de investimentos em infraestrutura que o país deve oferecer ao longo deste ano, disse, em entrevista exclusiva ao Valor, o presidente da ABB para as Américas, Greg Scheu.

“Estamos esperançosos, as previsões de melhora da situação do PIB parecem ser reais, acho que isso vai ser bom para a população brasileira e para os negócios no Brasil. Felizmente, vemos bons sinais vindos de lá”, disse Scheu, que contou ter se encontrado com Rafael Paniagua, presidente da ABB no Brasil, na semana passada.

Entre os setores da economia brasileira, Scheu destacou a área de energia, em que a ABB tem grande participação em equipamentos de transmissão, além de mineração, petróleo, alimentos e bebidas e papel e celulose. “Não vamos tipicamente dar um lance em um leilão de transmissão, mas fechamos parceiras com aqueles que participam, garantindo que tenham equipamentos de qualidade. Quando alguém vai e consegue a concessão de um aeroporto, vamos determinar quanto de equipamentos e tecnologia podemos oferecer e vamos avaliar. Esse é nosso modelo”, disse o executivo.

O executivo participa nessa semana, junto de vários outros líderes da companhia, do evento ABB Customer World (ACW), em Houston, no Texas. Ele comanda a companhia em toda a América, e se reporta diretamente ao presidente global da ABB, Ulrich Spiesshofer.

Scheu contou que participou de reuniões na semana passada com o presidente da Petrobras, Pedro Parente, durante evento CERAWeek, que reuniu líderes de diversas empresas do mundo todo, também em Houston. “Acho que ele foi muito claro sobre seus planos. A Petrobras passa por um momento difícil, mas ele foi direto sobre os passos que está tomando para fortalecer a estatal. Foi um bom sinal”, disse, referindo-se a Parente.

Empresa tem grande presença nos setores de energia, mineração, petróleo, alimentos e bebidas e de celulose
Os requerimentos duros de conteúdo local que o Brasil historicamente adotou, especialmente no setor de petróleo, não são um obstáculo para a ABB, desde que as regras sejam claras para todos, segundo o executivo. “Quando você administra um negócio, precisa entender as regras e que tudo esteja claro e definido. Quando soubermos as novas regras, vamos cumpri-las e definir se vamos produzir no Brasil ou exportar de outras plantas”, disse.

O presidente da ABB nas Américas também comentou que, do lado do setor elétrico, a Eletrobras segue por um caminho semelhante que exige muitas mudanças. As duas estatais são clientes da ABB.

A ABB tem forte presença no Brasil, com cinco fábricas e mais de 3 mil funcionários, tanto é que, em toda a América Latina, apenas o país e o México tem presidentes próprios, que se reportam diretamente a Scheu. No restante da região, as decisões são concentradas na sede da ABB na Colômbia.

“Outra área em que somos muito ativos é mineração, mas também atuamos muito em outros segmentos como alimentos e bebidas, papel e celulose. Essas indústrias têm sido muito boas para nós, queremos continuar diversificando esses negócios”, disse Scheu.

Segundo ele, escândalos que envolvam alguns de seus clientes, como o caso da própria Petrobras, “são situações difíceis”, mas o foco da empresa no Brasil continua muito forte. “Olhamos oportunidades de crescimento, sempre mantendo a integridade de nossas políticas e nossos padrões”, disse.

Via: Folha de São Paulo — Clipping de notícias de Marcus Herndl Filho, com informações do país e do mundo, além de finanças, economia e demais temas pertinentes.
< Voltar ao início

contato@marcusherndl.com.br

© 2014 - Todos os direitos reservados - Marcus Herndl

Goodae