27324_2_L

Unipar: lucro aumenta 143,5% no 2º trimestre, para r$ 25,4 milhões

Por Victor Aguiar | Valor SÃO PAULO – A Unipar Carbocloro encerrou o segundo trimestre deste ano com lucro líquido atribuído aos sócios da controladora de R$ 25,4 milhões, alta […]

AAEAAQAAAAAAAAl2AAAAJDhmMTA3YTU2LTAxNDYtNDJlZC1iMjNjLTJiMDcxZDRiOGNjMw

Profarma sai de lucro para prejuízo de r$ 24,8 milhões no 2º trimestre

Por Valor | Valor SÃO PAULO – A Profarma Distribuidora de Produtos Farmacêuticos registrou prejuízo líquido de R$ 24,8 milhões no segundo trimestre de 2017, invertendo o sinal em relação […]

192d17_ae512cb8f2dd404ca1d470110ec60e66-mv2

Banco Brasil Plural compra comercializadora de energia

Em busca da diversificação das fontes de receita, o grupo Brasil Plural fechou a compra da comercializadora de energia Celer, do Rio, por um valor não divulgado. Criada em 2013 […]

concurso-BB

Resultado financeiro cai e reduz lucro de seguradora

Por Daniela Meibak | De São Paulo José Maurício Coelho, da BB Seguridade: melhora operacional não é suficiente para compensar queda no resultado financeiro A queda da taxa de juros […]

6f100a3ad701b18a4841f6a1841a4280-e1371665525249

Hortifrútis devem seguir sob pressão

Por Cleyton Vilarino | De São Paulo As condições climáticas mais próximas do padrão e um consumo menos intenso devido à perda de poder de compra dos brasileiros devem colaborar […]

size_810_16_9_jbs

Dona da JBS injeta R$ 490 milhões no Banco Original

Por Luiz Henrique Mendes e Carolina Mandl | De São Paulo A J&F Investimentos, holding da família Batista, injetou cerca de R$ 490 milhões no Banco Original em julho. O […]

oi

Afetada por câmbio, Oi tem prejuízo quatro vezes maior

Por Rafael Rosas, Heloisa Magalhães e Rodrigo Carro | Do Rio Em meio ao processo de recuperação judicial e à expectativa de uma operação de aumento de capital, a Oi […]

riachuelo-loja-conceito-na-oscar-freire-02

Com logística nova, lucro da Riachuelo sobe 126,9%

Por Cibelle Bouças | De São Paulo Rocha, da Riachuelo: “Há pouca sobra de coleção e bem menos remarcações” A Guararapes Confecções, dona da varejista de moda Riachuelo, encerrou o […]

img_temp

Paradas podem garantir preços mais altos para celulose

Por Stella Fontes | De São Paulo Após dez meses consecutivos de aumentos de preço, não houve anúncio de reajuste para nenhum dos três mercados internacionais de referência para a […]

1701841

Sócios mudam rede de padarias Benjamin

Por Adriana Mattos | De São Paulo Plano, que pode incluir franquias, prevê abrir 500 unidades no país até 2020, entre pontos de até 120 m2 e quiosques Planejada com […]

30/06/2017

Eletrobras vai seguir Cemig e vender usina

images (31)

Por Rodrigo Polito | Do Rio

A Eletrobras confirmou ontem a intenção de exercer a cláusula de “tag along” (mecanismo que estende a oferta dos controladores aos minoritários nas mesmas condições) com relação à venda de sua participação na hidrelétrica de Santo Antônio (RO). Nesta semana, a Cemig, uma das acionistas de Santo Antônio, informou ter recebido oferta da chinesa SPIC Overseas pela sua participação na hidrelétrica.

“Eu soube [do anúncio feito pela Cemig] pela mídia. Se ele [o negócio] está nesse tipo de desenvolvimento e nós temos para exercer a cláusula de direito de tag along, sim, nós temos a disposição de exercer”, afirmou o diretor financeiro e de relações com investidores da Eletrobras, Armando Casado, após participar de evento sobre integração energética na América do Sul, promovido pela chinesa State Grid, no Rio de Janeiro.

Considerando as participações direta e indireta, a Cemig possui 18,13% da Madeira Energia (Mesa, controladora da concessionária da hidrelétrica). A Andrade Gutierrez possui outros 4,2%. Os demais sócios são Odebrecht (18,6%), Caixa FIP Amazônia Energia (20%) e Furnas, subsidiária da Eletrobras (39%).

Em ocasiões anteriores, o presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Jr., já havia afirmado que a companhia tinha interesse em exercer cláusula de tag along nos negócios em que os acionistas controladores estivessem vendendo suas respectivas participações, como é o caso de Santo Antônio. O exercício do “tag along” é uma das modalidades do plano de venda de ativos da Eletrobras, cujo objetivo é levantar R$ 4,6 bilhões neste ano.

Casado explicou que uma eventual venda da participação da empresa em Santo Antônio não será suficiente para preencher a meta de R$ 4,6 bilhões de desinvestimentos este ano. Para alcançar a marca, a companhia conta com privatizações de distribuidoras e venda de participações em sociedades de propósito específico (SPES) de linhas de transmissão e parques eólicos.

Segundo uma fonte com conhecimento do assunto, o conselho de administração da Cemig deve aprovar na próxima semana a proposta apresentada pela SPIC Overseas. “Até a próxima semana acredito que isso já possa ser fechado”, afirmou ela ao Valor.

A fonte não comentou o valor da proposta, porém afirmou que a cifra “está bem compatível” com o que a Cemig esperava. “As primeiras propostas não estavam dentro daquilo que a própria Cemig achava que seria adequado para a característica daquele investimento. Foi uma negociação bastante longa. Se chegou a um modelo que achamos bastante adequado.”

Conforme reportagem publicada ontem pelo Valor, segundo fontes com conhecimento do assunto, a oferta dos chineses avalia a hidrelétrica em cerca de R$ 7 bilhões, mais possíveis acréscimos dependendo do desempenho da usina e do resultado de disputas judiciais, como ações referentes ao risco hidrológico.

Ainda segundo a fonte, todos os acionistas da hidrelétrica, de 3.568 megawatts (MW) de capacidade instalada, deverão vender sua participação no projeto. “O grupo como um todo está vendendo [as respectivas participações na usina]. Será uma venda total. Todo mundo vai vender”.

No evento, Casado afirmou também que a Eletrobras está desenvolvendo estudos de hidrelétricas na Guiana e no Suriname e de uma linha de transmissão, de 1,8 mil quilômetros, ligando os dois países ao Brasil, passando pela Guiana Francesa. Segundo ele, os estudos ainda são “embrionários”. “Ainda está em uma fase de pré-viabilidade. Com usinas e uma linha de transmissão de 1.800 quilômetros.”

Os estudos, orçados em cerca de US$ 2 milhões, são financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).
Presente ao evento, o presidente da State Grid Brazil Holding (SGBH), Cai Hongxian, destacou o potencial brasileiro de recursos naturais, que pode trazer benefícios na integração energética regional. “O Brasil tem uma situação particular com recursos fartos para o desenvolvimento de energias verdes”, afirmou o executivo. (Colaborou Camila Maia, de São Paulo)

Via: Folha de São Paulo — Clipping de notícias de Marcus Herndl Filho, com informações do país e do mundo, além de finanças, economia e demais temas pertinentes.
< Voltar ao início

contato@marcusherndl.com.br

© 2014 - Todos os direitos reservados - Marcus Herndl

Goodae